Consórcio Maior Empregabilidade

CME  2020 Apoios

A empregabilidade na opinião dos jovens

Oradores 27ab2022

No dia 27 abril 2022 4 jovens estudantes de diversas instituições de ensino superior reuniram com os membros do Consórcio Maior Empregabilidade (CME).

Obrigada Beatriz Antunes, Camila Coelho, Fernando Rodrigues e José Neves pelas sugestões que partilharam com os Gabinetes de Promoção de Empregabilidade do CME.

Foi uma sessão muito produtiva e rica em comentários, opiniões e sugestões para podermos trabalhar tendo em conta a voz dos estudantes.

Workshop de Empregabilidade no ISCSP

Workshop Empregabilidade

A Forum Estudante e o CME estiveram no ISCSP a dinamizar um Workshop de Empregabilidade sobre três temas:

1. Como construir um bom curriculum vitae

2. A importância de ter um perfil no Linked In

3. Entrevistas - o que ter em atenção antes - durante - após

O convite foi desencadeado pela AEISCSP que, em colaboração com os Núcleos de estudantes do ISCSP, organizou a semana do Fórum das Ciências Sociais,

Cristina Carita - coordenadora do CME - foi a formadora que partilhou com mais de 20 estudantes as principais ferramentas e técnicas de empregabilibidade num Workshop bastante participado.

Um agradecimento a todos os participantes e às suas pertinentes questões e contributos que muito enriqueceram a sessão.
E um agradecimento especial pelo acolhimento e simpatia do NGRH na pessoa da Matilde Sena Ventura.

CME na Futurália

20220402 165642

A Forum Estudante e o Consórcio Maior Empregabilidade (CME) participaram na Futurália (entre 30 março e 2 abril 2022) no Espaço Emprego e Empregabilidade com a realização de 12 workshops de capacitação sobre “Os 10 erros a evitar na construção de um CV” e “10 erros a evitar num processo de recrutamento”, durante os 4 dias de Feira. Para além dos Workshops foram realizadas diversas sessões de Job Counselling, sobretudo no que diz respeito à análise e sugestão de como melhorar o CV.

Estas sessões foram dinamizadas pela Coordenadora do CME – Cristina Carita – e com a participação de jovens do ensino secundário, 12º ano e ensino superior, pais, jovens adultos e técnicos de empregabilidade.

Um agradecimento especial a Fátima Antunes (FIL/Futurália), a Selma Rocha (professora) e aos estudantes da Escola Profissional Gustavo Eiffel por todo o apoio prestado à realização das sessões. 

Empregos digitais no CME

Oradores 24mar2022

Na reunião do Consórcio Maior Empregabilidade sobre o tema “Empregos digitais e o digital no emprego”, recebemos Bernardo Sousa (Coordenador da Estrutura de Missão Portugal Digital) e José Pedro Antunes (Coordenador executivo dos eixos 4 e 5 do INCoDe 2030) que apresentaram:

1. Plano de Ação para a Transição Digital
2. Iniciativa Nacional para as Competências Digitais - INCoDe.2030
3. Competências Digitais para a Empregabilidade – os desafios para as IES do CME

a. Identificar as competências digitais necessárias para quem está a entrar no mercado de trabalho e antecipar necessidades (atuais e futuras) num contexto de transformação acelerada;
b. Desenhar conteúdos formativos ajustados as necessidades identificadas e integrar na oferta formativa;
c. Responder às necessidades de formação ao longo da vida na área das competências digitais.

Apresentaram ainda duas iniciativas em curso: as Academias Tecnológicas e o Estudo sobre as competências digitais para a empregabilidade (não TIC) no futuro.

Deixamos o endereço para o vídeo no final da apresentação: https://www.youtube.com/watch?v=X7xpTAfqgWg

Competências mais valorizadas

Captura de ecrã 2022-02-22 182722

Mais de 780 pessoas inscritas no Webinar que a Forum Estudante organizou com a Adecco Portugal sob o tema "Que competências mais valorizam os empregadores?".

Um agradecimento especial a Vânia Borges (DRH Adecco Portugal), Mariana Real Carvalho (General Manager Portugal na GSK Consumer Health), Maria João dos Santos (Head of Career & Talent na Universidade Católica) e Miguel Toscano (CEOforOneMonth 2021).

Com a moderação de Gonçalo Gil (Diretor Geral da Forum Estudante), os oradores convidados partilharam a sua experiência e opinião relativamente às competências que os empregadores mais valorizam nos novos talentos que recrutam.

Assim, as competências referidas de forma consensual pelos quatro oradores foram a flexibilidade e capacidade de adaptação, proatividade e iniciativa, resiliência, colaboração e empatia. Também consensual foi a ideia de que a atitude é tão ou mais importante que as competências e que a curiosidade, aprendizagem constante, a capacidade de acrescentar valor e sair da zona de conforto são competências fundamentais para que um jovem se distinga e seja uma mais valia para a organização.

Outros temas abordados foram o onboarding virtual e a importância da criação de momentos de conexão e acompanhamento personalizado; a importância que a saúde mental e bem-estar dos colaboradores assumiu nas empresas; como se podem avaliar as competências durante um processo de recrutamento; e como se podem ajudar os estudantes que não têm um perfil tão proactivo.